Aguarde. Carregando informações.

Campe

Plano Coletivo de Saúde dos Magistrados do Estado de Pernambuco, na modalidade de autogestão não patrocinada.

Serviços Online

Serviços diversos para Usuários e Prestadores,
facilitando ainda mais seu dia-a-dia.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

1-CARTA DE ORIENTAÇÃO AO BENEFICIARIO
2-DECLARAÇÃO DE SAÚDE
3-DOCUMENTO_DE ADESÃO CAMPE

Sobre a adesão

4. ADESÃO AO PLANO
4.1 - Quem pode aderir?
4.2 - Como aderir ao plano de saúde da CAMPE?
4.3 - Formas de contribuição
4.4 – Carências
5. DIFERENCIAIS DO PLANO CAMPE
6. ORIENTAÇÕES AOS ASSOCIADOS
[sobre reembolso]
6.1 Otimize sua consulta
6.2 - Como obter autorização para procedimentos eletivos
6.3 - Alguns procedimentos que necessitam de autorização prévia da CAMPE
6.4 - Alguns procedimentos que não necessitam de autorização:
7. ODONTOLOGIA CAMPE
8. TERMINOLOGIA MÉDICA

Art. 34 - Todos os magistrados do Estado de Pernambuco, sócios da AMEPE, serão também sócios da CAMPE, para a qual contribuirão, por si e por seus dependentes, mediante consignação em folha de pagamento.

§ 1º - Excetuam-se os magistrados que, por declaração escrita, manifestarem-se em desacordo com a norma deste artigo.

§ 2º - Os sócios não discordantes gozarão todos os direitos conferidos pelo Regulamento da CAMPE a partir da primeira consignação em folha em favor deste Departamento.

§ 3º - A qualquer tempo, poderão os discordantes associar-se, apresentando por escrito o seu desejo, porém só passarão a gozar os benefícios da CAMPE após carência de 12 (doze) meses, contados do primeiro desconto da sua contribuição na folha de pagamento.

4. ADESÃO AO PLANO

4.1 - Quem pode aderir?

I - Podem se tornar associados da CAMPE, os magistrados.

II - Podem ser inscritos como dependentes do associado magistrado, respeitado o limite de idade de 55 anos:
o cônjuge não magistrado;
os descendentes, pais, irmãos, sobrinhos, sogros, genros e noras do magistrado associado.
o(a) companheiro(a), assim considerado nos termos da lei civil os tutelados e curatelados;
os enteados, de menor idade nos termos da lei civil, desde que dependentes do(a) magistrado(a) associado(a);
os menores nos termos da lei civil postos sob a guarda e educação do associado magistrado, e que vivam sob sua companhia.

III Poderão concorrer como dependentes cônjuges separados com novos(as) companheiros(as).


4.2 - Como aderir ao plano de saúde da CAMPE?

Para aderir ao plano, basta que o Magistrado manifeste seu interesse por escrito desde que respeitado o limite de idade de 55 anos, salvo para os Magistrados que manifestarem seu interesse no ato de ingresso na carreira.


4.3 - Formas de contribuição

As contribuições dos magistrados estaduais ativos e inativos e seus dependentes serão feitas por consignação nas respectivas folhas de pagamento.

A contribuição das viúvas e seus dependentes será recolhida em conta corrente da CAMPE, mediante boleto bancário.

É responsável pelo pagamento das contribuições, em todas os casos, o associado titular.


4.4 – Carências

Os Magistrados estaduais que aderirem ao plano da CAMPE quando do ato de seu ingresso na magistratura ficam isentos do cumprimento dos prazos de carência.

O associado ou dependente passará a gozar dos benefícios da CAMPE após decorridos os períodos de carência abaixo:

I - vinte e quatro horas para a cobertura dos casos de urgência e emergência;
II - trezentos dias para partos a termo;
III - cento e oitenta dias para os demais casos.

O associado ou dependente ficará isento dos períodos de carência já cumpridos em planos de categoria semelhante.

Em se tratando de doenças ou lesões preexistentes, a cobertura parcial temporária terá o prazo de 24 (vinte e quatro) meses, não ficando o associado ou dependente isento de cumprimento do prazo de carência.

 

5. DIFERENCIAIS DO PLANO CAMPE

Controle na qualidade de saúde
Rede Credenciada qualificada
Número de dependentes ilimitado
Assistência odontológica
Ampla cobertura para as enfermidades
Cobertura para cirurgias de alto custo
Sem limites de internação de Apartamento e UTI
Contribuição direto no contra-cheque
Atendimento médico-hospitalar com abrangência no Estado de PE
Plano complementar da Unimed Recife (Diamante nacional)
Sistema facilitado de reembolso de despesas médico-hospitalar
Travel Ace - a CAMPE é o único plano de saúde que oferece ao associado um seguro internacional por 16 dias quando em viagem ao exterior com cobertura em mais de 87 países totalizando 865 cidades no exterior


6. ORIENTAÇÕES AOS ASSOCIADOS

É de fundamental importância a utilização correta da Carteira CAMPE na rede contratada, uma vez que o associado não fará nenhum desembolso ao ser atendido.

Caso o associado esteja em trânsito (temporariamente em outra cidade) e necessite utilizar algum serviço de urgência/emergência fora da rede de contratados CAMPE (Pernambuco), este deverá apresentar a Carteira UNIMED/CAMPE.

Salientamos que, caso haja algum tipo de atendimento médico fora da rede contratada onde seja necessário o pagamento ao profissional no ato do atendimento, a CAMPE receberá a solicitação de reembolso acompanhada das solicitações médicas, laudos e recibos comprobatórios das despesas efetuadas para análise do setor médico competente. Acaso haja cobertura para o reembolso, o mesmo, será pago conforme tabela aplicável aos credenciados. *

A rede credenciada é orientada a solicitar a carteira de identificação do associado e, acaso esteja o associado sem a respectiva carteira, deverá entrar em contato conosco para que seja providenciada uma autorização especial.


Atualização cadastral: Mantenha sempre atualizado seu endereço e demais dados de seu cadastro e de seus dependentes. Assim, você receberá todos os comunicados importantes da CAMPE.



6.1 Otimize sua consulta

• Quando necessitar de uma consulta médica
De posse de seu guia, escolha um profissional médico que pode ser clínico, um médico da família ou um outro especialista para ajudá-lo no tratamento dos seus problemas de saúde.

• Escreva tudo o que você deseja discutir com o seu médico
Antes da consulta relacione três questões que achar mais importantes e leve também uma lista de todos os medicamentos que está utilizando e informe ao seu médico.

• Procure uma segunda opinião
Se você foi ao médico varias vezes e ainda não teve um diagnóstico, continua sentindo os mesmos sintomas ou foi indicado para uma cirurgia, procure ouvir uma segunda opinião.

• Indague sobre o pedido de exames
Pergunte como os exames ajudam no diagnóstico. Antes de concordar em realizar um procedimento médico, procure entender as razões de suas necessidades.

• Pergunte sobre os medicamentos
Conheça os efeitos colaterais dos medicamentos. Se os profissionais usarem termos que não entendem, peça-lhes para explicar de uma forma mais simples. Pergunte onde pode obter mais informações em casos de graves efeitos colaterais.

• Vá à emergência apenas em situação de pronto-socorro
A emergência se destina às pessoas que estão com risco de vida. Tipo: dores torácicas, hemorragias, dificuldade de respirar, queimaduras, perda de consciência, etc.
Na maioria das vezes, uma infecção de ouvido, uma tosse, uma dor óssea serão melhores tratadas no consultório médico, pois o seu médico conhece todo o seu histórico.



6.2 - Como obter autorização para procedimentos eletivos

Com o novo sistema de informática implantado na CAMPE alguns exame e procedimentos cirúrgicos necessitam de autorização, a qual deve ser solicitada com antecedência mínima de 05 (cinco) dias, no horário das 8h00 às 17h00 horas.

Para obtenção da autorização é necessário apresentar a requisição médica contendo CRM do médico solicitante e a numeração que indica a patologia (CID), bem como informar, ainda, o local onde será realizado o procedimento.

Lembramos que o paciente tem o prazo de 30 (trinta) dias após a obtenção da requisição para solicitar a autorização do procedimento e igual prazo para realização do exame ou cirurgia.

Informamos, ainda, que para os procedimentos médicos que não são cobertos pela CAMPE, poderá o associado, querendo, buscar junto ao auditor médico orientação no sentido de minimizar os custos do procedimento e até mesmo sobre o melhor local onde o tratamento poderá ser realizado.

6.3 - Alguns procedimentos que necessitam de autorização prévia da CAMPE

Endoscopia Mamografia;

Medicina Nuclear;

Ressonância Magnética;

Tomografias;

Ultra-sonografias.
e quaisquer outros procedimentos para diagnóstico ou terapia necessitam de autorização prévia do CAMPE.

6.4 - Alguns procedimentos que não necessitam de autorização:

consultas;

exames de patologia clínica (laboratoriais sangue, fezes, urina, etc.);

radiografias simples (rx sem contraste, rx coluna, rx tórax, etc.).



7. ODONTOLOGIA CAMPE

Devido ao excelente trabalho desenvolvido pelos conceituados profissionais que compõem o nosso setor odontológico, ao investimento sempre contínuo em materiais e equipamentos de alta qualidade, além do incentivo na qualificação dos nossos profissionais, o serviço odontológico da CAMPE se apresenta como um dos mais conceituados entre as Clínicas de Odontologia do nosso Estado, ocasionado crescente aumento na demanda com a conse-qüente necessidade de uma maior estrutura e espaço físico.

Diante de tais fatos, a atual gestão da CAMPE resolveu investir na ampliação e reforma de sua sede, usando o prédio antigo a atuar exclusivamente como setor odontológico, proporcionando melhor qualidade no atendimento, aumento no número de consultas e, ainda, a implantação de setor exclusivo para a Implantodontia.

O setor odontológico funciona de segunda a sexta das 7h às 19h e para os casos de urgência nos demais horários, aos sábados, domingos e feriados, fica disponibilizado convênio com a Clínica Odontológica Valéria Dias.

Pensando nos nossos associados do interior do Estado e buscando um tratamento diferenciado, a Diretoria passou a operar com sistema de reembolso, facilitando assim um atendimento de qualidade, e o por profissional a escolha do associado com um menor custo.

 


8. TERMINOLOGIA MÉDICA

¤ Acupuntura: método terapêutico que trata diferentes síndromes por implantação de agulhas ao nível da pele;

¤ Alergologia e Imunologia: trata de pacientes com alergias e quadros de imunodeficiência, incluindo procedimentos especializados com o testes alérgicos e imunoterapia (vacinas);

¤ Anestesiologia: ramo da medicina responsável pela abolição da dor, principalmente nos procedimentos cirúrgicos (durante as cirurgias);

¤ Angiologia e Cirurgia Vascular: ramos da medicina responsáveis pelo estudo das patologias dos vasos que conduzem o sangue (veias e artérias), por exemplo as chamadas cirurgias de varizes;

¤ Cancerologia: estudo dos pacientes com qualquer tipo de câncer;

¤ Cardiologia: pesquisa, previne e corrige doenças e anormalidades que afetam o coração;

¤ Cirurgia Cardiovascular: estuda e trata as doenças do coração (cárdio) e vasos da base (aorta e seus principais ramos, artéria pulmonar e veias pulmonares)

¤ Cirurgia de Cabeça e Pescoço: tem por finalidade diagnosticar e tratar os pacientes portadores de doenças na cabeça e no pescoço, englobando grande número e variedade de procedimentos cirúrgicos;

¤ Cirurgia Geral: contempla a patologia, diagnóstico e tratamento de alterações e enfermidades que podem ser solucionadas através de procedimentos cirúrgicos, em especial as urgências;

¤ Cirurgia do Aparelho Digestivo: ramo da medicina responsável por patologias do aparelho digestivo de resolutividade cirúrgica (cirurgia de estômago, vesícula, intestino, fígado etc.);

¤ Cirurgia Pediátrica: tratamento das patologias cirúrgicas da criança desde o nascimento até a adolescência;

¤ Cirurgia Plástica: estuda e trata as alterações morfológicas e funcionais da superfície corporal, produzidas por fatores hereditários ou adquiridos de natureza traumática, tumoral e infecciosas que conduzem a disfunções e deformações da harmonia do contorno do corpo humano;

¤ Cirurgia Torácica: ramo da cirurgia responsável pelos órgãos internos do tórax (cirurgia de pulmão, coração, esôfago etc.);

¤ Clínica Médica: é o ramo da medicina que diagnostica e trata os processos onde não são necessários procedimentos cirúrgicos. Trata das chamadas patologias clínicas;

¤ Coloproctologia
: especialidade que trata das doenças que acometem o intestino grosso (cólon), reto e ânus;

¤ Dermatologia: investigação clínica, utilização de recursos complementares de exame, formulação de diagnóstico e tratamento clínico e/ou cirúrgico das doenças que afetam a pele, mucosa, cabelos e unhas.

¤ Endocrinologia: lida com as glândulas de secreção interna e os hormônios;

¤ Gastroenteroloqia: trata dos indivíduos portadores das doenças do aparelho digestivo;

¤ Genética Médica: atendimento a portadores de anomalias congênitas e/ou retardamento mental com finalidade diagnóstica, de prognóstico a nível individual e de estimativa do risco de ocorrência familiar;

¤ Geriatria: é a especialidade médica que trata de doenças de idosos ou de doentes idosos, mas também se preocupa em prolongar a vida com saúde;

¤ Ginecologia e Obstetrícia: trata de distúrbios e alterações funcionais do aparelho reprodutor feminino e a sua implicação na mama, haja ou não gravidez;

¤ Hematologia e Hemoterapia: trata das doenças do sangue;

¤ Homeopatia: método terapêutico baseado no princípio da cura pelo semelhante. Significa que uma substância capaz de produzir determinada alteração (sintoma) em um indivíduo sadio, tem a propriedade de curar esta alteração em uma condição de doença, quando dada em doses atenuadas;

¤ Infectologia: especialidade médica cuja área de atuação são as doenças infecciosas, contagiosas ali não, incluindo as infecções causadas por bactérias, fungos, protozoários, vírus e helmintos;

¤ Mastologia: atua nas doenças benignas e malignas das mamas. Cuida dos problemas de má formação mamária, doenças inflamatórias e decorrentes de alterações funcionais, hormonais e das tumorais;

¤ Medicina da Família e Comunidade: relacionados à prática da medicina em domicílio, englobando tanto os processos curativos quanto, principalmente, os preventivos;

¤ Medicina do Trabalho: lida com as relações entre a saúde dos homens e mulheres trabalhadores e seu trabalho, visando não somente a prevenção das doenças e dos acidentes do trabalho, mas a promoção da saúde e da qualidade de vida;

¤ Medicina do Tráfego: especialidade médica que se propõe a estudar as causas do acidente cio tráfego; propor formas de prevenção; promover um atendimento correto ao acidentado, minimizando então suas conseqüências; colaborar no ordenamento legal e nas campanhas educativas do tráfego;

¤ Medicina Esportiva: trata das lesões musculares, ósseas, articulares e ligamentares provocadas por atividades esportivas ou mesmo atividades de lazer;

¤ Medicina Física e Reabilitação: também chamada de fisiatria, é responsável pela recuperação dos movimentos de pacientes debilitados geralmente associada a patologias neuromotoras;

¤ Medicina Legal: ramo da medicina que estuda os fenômenos relacionados aos cadáveres, assim como outras áreas de interesses jurídicos e legais;

¤ Medicina Nuclear: uso de isótopos radioativos para o diagnóstico através da imagem (Cintilografia ou mapeamento) ou de técnicas de laboratório radioimunoensaio;

¤ Medicina Preventiva e Social: relacionada aos processos preventivos das doenças;

¤ Nefrologia: estuda as doenças renais desde o atendimento ambulatorial básico até pacientes graves internados em UTI;

¤ Neurocirurgia: estuda e trata distúrbios e enfermidades do Sistema Nervoso;

¤ Neuroloqia: ramo da medicina que se ocupa das doenças do sistema nervoso em todos os seus aspectos;

¤ Nutrologia: especialidade médica clínica voltada ao diagnóstico, prevenção e tratamento de enfermidades nutricionais;

¤ Oftalmologia: lida com o exame dos olhos cuidando da avaliação e preservação funcional, oferecendo recursos para o melhor desempenho visual, prevenindo deficiências e recuperando função eventual mente comprometida;

¤ Ortopedia e Traumatologia: especialidade onde são avaliadas, quantificadas e tratadas não só as lesões congênitas como as adquiridas, tão diversas como infecções ósseas e musculares, lesões degenerativas como “desgaste” das articulações (artrose), deformidades do esqueleto no crescimento, diferença de comportamentos dos membros, compressões de nervos como nas Hérnias Discais. Na traumatologia, são de responsabilidade do ortopedista: fraturas, luxações, rupturas musculares, tendinoses, lesões dos ligamentos e meniscos, além da reparação dos nervos;

¤ Otorrinolaringologia: estuda e trata os distúrbios e enfermidades do ouvido (oto), nariz (rino), boca e garganta (laringo);

¤ Patologia Clínica/Medicina Laboratorial: fornece informações ao médico de modo a proporcionar-lhe os meios necessários para atuar na prevenção, diagnóstico, tratamento, prognóstico e acompanhamento das enfermidades de um modo geral;

¤ Pediatria: abrange os cuidados com a saúde da criança do nascimento à adolescência;

¤ Pneumologia: trata as doenças dos pulmões;

¤ Psiquiatria: envolve o estudo e tratamento das doenças mentais;

¤ Radiologia e Diagnóstico por Imagem: estudo das radiações e do seu emprego nos diagnósticos ou tratamentos. Conjunto de métodos que usa a imagem como meio de diagnóstico;

¤ Reumatologia: estudo do diagnóstico e tratamento das doenças cujos sintomas mais comuns são dores articulares, ósseas ou musculares;

¤ Urologia: especialidade clínica e cirúrgica responsável pelo diagnóstico e tratamento das enfermidades congênitas e adquiridas, tumorais, infecciosas, traumáticas e degenerativas do sistema urinário de ambos os sexos e do sistema genital masculino.




SOBRE A CAMPE

A CAMPE foi criada inicialmente para reembolso parcial de despesas médico-ambulatorial dos Magistrados e hoje é uma das mais sólidas e conceituadas Operadoras de Plano de Saúde de Autogestão do Estado de Pernambuco. Possui ampla rede credenciada e oferece serviços odontológicos com profissionais altamente qualificados, além de uma infra-estrutura com materiais e equipamentos de primeira linha. Devido a linha de ação adotada pela atual gestão, a CAMPE conta hoje com uma sede própria de 600 m² e portanto, com uma melhor estrutura para os seus funcionários e associados. Na CAMPE você é co-gestor.

+ Institucional

CONTATOS

Rua Comendador Bento Aguiar, 270,
Madalena, Recife, Pernambuco. Fone -(81)3227-7681 PABX + Veja no Mapa

Info.: Odontologia (81)3036-3311 | Autorização de guias (81)3036-3313/3314 | Informática (81)3036-3327/3328/3329

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Todo conteúdo é de uso exclusivo da Campe.